Desiderare, um grande mormaço

– Precipitei-me. Estava a chover em São Paulo.

– Ahaha. Em Goiás estará a chover em breve. Por ora, mormaço.

– Faz a etimologia de mormaço pra mim. Não tenho ideia.

– O que aconteceu com o “a gente sempre pode pesquisar ao invés de perguntar”?

– Achei mais maneiro te trucar do que acionar o Google.

– Mormaço não manjo. Mais maneiro é se eu trucar você com a etimologia de desejo.

– Deixa eu pensar sem pesquisar. Desejar… ensejar… deseo em espanhol… desire…

– Pensa na raiz latina, que é mais sucesso.

– Desiderata é predestinada? Deseja… EJA é a educação de jovens e adultos. Des- é prefixo negativo. Não sinto que esteja progredindo, me salva.

Desiderare. Se tirar o prefixo, você tem a raiz siderium, sideral.

– Astros?

– Yep. Desejar é o oposto de considerar. Quando você considera, você leva em conta os astros, a física, a ciência, ou seja, racionaliza.

– Desideral é o que pertence aos astros? Tipo, faz favor, universo?

– É o contrário. Quando você deseja, desiderare, você ignora os astros, a ciência e faz apenas o que sente.

– Uhmmmm.

– Bonito, né? Aposto que está com lágrimas nos olhos.

– Entrou um cisco. Na minha alma.

– Aham, acredito.

– Jamais arriscaria sem a certeza da oportunidade de provar minha superioridade intelectual.

Algum chão de Goiás, 2019. Foto Bella Ferraro

4 comentários em “Desiderare, um grande mormaço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: